sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Poderoso Deus

Só Tu és digno
Só Tu és digno, Senhor
Ao que está assentado no trono
E ao Cordeiro seja o louvor
Seja a honra, seja a glória, seja o domínio
Pelos séculos dos séculos
Poderoso Deus... Poderoso Deus
Poderoso Deus... Minh'alma anseia por Ti
Narração:
Oh! Deus de majestade, honra e poder, quão glorioso é o Teu Santo Nome! Te exaltamos, enquanto nos prostramos, pois não existe outro tão glorioso como Tu. Muitas vezes falhamos em contemplar o Teu poder, a Tua glória enquanto reinas em Teu trono celestial na presença dos serafins, querubins e dos santos que já estão diante de Ti. Toda a criação e por toda a eternidade, canto os Teus louvores. Quem somos nós para que nos ame tanto assim? Quantas vezes falhamos em dar-te reverência e honra. Temos perdido o temor do Senhor ou trocado por um breve abraço ou um beijinho em Tua presença. Ensina-nos o temor do Teu nome. Ajuda-nos a andar em Tua santidade para que nos acheguemos a Ti, para que Te adoremos e juntamente com as hostes celestiais cantemos dando misericórdia da Tua bondade e do Teu amor sem fim. Toda honra e glória pertencem a Ti. Só Tu és digno, oh Deus, Todo-poderoso, Criador dos confins da Terra.
Ao que está assentado no trono
E ao Cordeiro seja o louvor
Seja a honra, seja a glória, seja o domínio
Pelo século dos séculos
Poderoso Deus... Poderoso Deus
Poderoso Deus... Minh'alma anseia por Ti
Minh'alma anseia por Ti
Minh'alma anseia por Ti
Como a corsa suspira pelas águas
Minh'alma anseia por Ti
Abro minha boca e suspiro
Pois tenho sede de Ti
Como a corsa suspira pelas águas
(Suspiro por Ti)
Minh'alma anseia por Ti
Abro minha boca e suspiro
Pois tenho sede de Ti
Eu tenho sede de Ti

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Sou um milagre


Nunca houve noite que pudesse impedir
O nascer do sol e a esperança
E não há problema que possa impedir
As mãos de Jesus pra me ajudar
Haverá um milagre dentro de mim
Vem descendo um rio pra me dar a vida
Este rio que emana lá da cruz, do lado de Jesus
Aquilo que parecia impossível
Aquilo que parecia não ter saída
Aquilo que parecia ser minha morte
Mas Jesus mudou minha sorte
Sou um milagre e estou aqui
Usa-me, sou o teu milagre
Usa-me, eu quero te servir
Usa-me, sou a tua imagem
Usa-me, ó filho de Davi

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Projeto no deserto

Um povo em pleno deserto a nuvem estava por perto,
Não tinha fome nem sede pois Deus estava com ele,
Um povo em pleno deserto e não havia doentes,
Maná que vinha do céu matava a fome daquela gente,
As pernas nunca inchavam as roupas nunca envelheciam,
Sapatos não terminavam pelo caminho que seguiam

Que Deus é este?
Que está por perto que fez o seu projeto no deserto?

Um povo em pleno deserto a nuvem estava por perto,
Não tinha fome nem sede pois Deus estava com ele,
Um povo em pleno deserto e não havia doentes,
Maná que vinha do céu matava a fome daquela gente,
As pernas nunca inchavam as roupas nunca envelheciam,
Sapatos não terminavam pelo caminho que seguiam

Que Deus é este?
Que está por perto que fez o seu projeto no deserto?
Que Deus é este?
Que está por perto que fez o seu projeto no deserto?
Que Deus é este?
Que está por perto que fez o seu projeto no deserto?
Que Deus é este?
Que está por perto que fez o seu projeto no deserto?

Coração Valente


Este é o coração valente,
ele ama toda a gente
Ele ama quem não lhe ama.
e ajuda quem não lhe pede
Este coração que queima,
arde o fogo do amor
Faz o triste ficar contente,
e traz paz ao coração
Foi à morte por minha causa
Não pensou nenhum segundo
Este é o amor,
amor maior do mundo
Que não pensou.
nenhum segundo prá morrer por mim
Este é o coração valente,
que explodiu lá na cruz
Ele continua quente,
está no peito de Jesus