terça-feira, 4 de março de 2014

Estratégias para se vencer a satanás


Nos versículos a seguir; a palavra do SENHOR oferece mais algumas estratégias para se vencer a satanás; bem como se deve portar uma pessoa para ser considerada por DEUS um cristão de verdade. Leia com atenção e pratique

Tito 2: 02 até 2: 10.
2 Quanto aos homens idosos, que sejam temperantes, respeitáveis, sensatos, sadios na fé, no amor e na constância.
3 Quanto às mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias em seu proceder, não caluniadoras, não escravizadas a muito vinho; sejam mestras do bem,
4 a fim de instruírem as jovens recém-casadas a amarem ao marido e a seus filhos,
5 a serem sensatas, honestas, boas donas de casa, bondosas, sujeitas a seus próprios maridos, para que a palavra de Deus não seja difamada.
6 Quanto aos moços, de igual modo, exorta-os para que, em todas as cousas, sejam criteriosos.
7 Torna-te, pessoalmente, padrão de boas obras. No ensino, mostra integridade, reverência,
8 linguagem sadia e irrepreensível, para que o adversário seja envergonhado não tendo indignidade nenhuma que dizer a nosso respeito.
9 Quanto aos servos, que sejam, em tudo, obedientes aos seus próprios senhores, dando-lhe motivo de satisfação; não sejam respondões,
10 não furtem; pelo contrário, dêem prova de toda a fidelidade, a fim de ornarem, em todas as cousas, a doutrina de Deus, nosso Salvador.


O verdadeiro cristão que teme a DEUS obedece e pratica as doutrinas acima em seu dia a dia, agora quem não pratica não pode se considerar um verdadeiro cristão, por ser desobediente e não aceitar a verdadeira palavra de DEUS, agora você escolhe o que você quer ser na presença de DEUS.

Tito 2: 14.
14 O qual a si mesmo se deu por nós, a fim de remir-nos de toda iniqüidade, e purificar para si mesmo um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras.


Essa passagem nos dá verdadeira visão do por que JESUS se entregou para ser crucificado e para que Ele nos deixou a igreja. A vontade de DEUS se cumpriu através da expiação suprema de JESUS para que a humanidade, com todos os seus pecados resgatados pela Sua crucifixão, tivesse a oportunidade de se purificar e depois se transformar num povo só de JESUS, totalmente sem máculas, sem pecados, sem mentiras e amando-se mutuamente uns aos outros. Muitos não se deram conta desse grande mistério e continuaram na iniqüidade, mas é aí que entra a finalidade das igrejas, ou seja, em primeiro lugar para valorizar o sofrimento de JESUS, quando Ele se deixou crucificar para nos salvar e em segundo para nos purificar através do ensinamento da verdadeira palavra de DEUS. Caros irmãos são muitos, infelizmente, os que usam as igrejas como fonte de lucro, enquanto outros somente se interessam em freqüentá-las para alcançar a prosperidade material. Pode estar certo de que DEUS não entregou seu filho amado para ser trucidado e depois pregado numa cruz para que você pudesse comprar seu carro novo, seu barco, sua casa, ou obtivesse qualquer objetivo meramente mundano. Não foi para isso que nosso DEUS JESUS se entregou na cruz; portanto; vamos dar mais valor a DEUS e respeitarmos nossas igreja usando-as somente para adorar a DEUS e para buscar a nossa salvação, amém. O que disso passar não vem da parte de DEUS e sim do diabo que quer afastar o povo de DEUS mesmo estando na igreja. DEUS, através do Espírito Santo, deixou na Bíblia os versículos abaixo, os quais tratam de outros deveres de um cristão em relação à sociedade, além de estabelecer normas de comportamento que um cristão deve primar perante o seu próximo para que possa fazer a boa obra e alcançar a sua salvação. Observe que mais uma vez a palavra nos determina no versículo 1 a subordinação e obediência em relação às autoridades constituídas do país; e que evitemos discussões e debates sobre aspectos religiosos porque não levam a nada, conforme você pode notar no versículo 9.

Tito 3: 01 até 3: 11.
1 Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra,
2 não difamem a ninguém; nem sejam altercadores, mas cordatos, dando provas de toda cortesia, para com todos os homens.
3 Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros.
4 Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com os homens,
5 não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo,
6 que ele derramou sobre nós ricamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador,
7 a fim de que, justificados por graça, nos tornemos seus herdeiros, segundo a esperança da vida eterna.
8 Fiel é a palavra, e quero que, no tocante a estas cousas, faças afirmação, confiadamente, para que os que têm crido em Deus sejam solícitos na prática de boas obras. Estas cousas são excelentes e proveitosas aos homens.
9 Evita discussões insensatas, genealogias, e contendas, e debates sobre a lei; porque não têm utilidade e são fúteis.
10 Evita o homem faccioso, depois de admoestá-lo primeira e segunda vez,
11 pois sabes que tal pessoa está pervertida e vive pecando, e por si mesma está condenada.



www.convertidos.com.br